Em visita ao MAPA, diretoria COOPERVAP e representantes cooperativistas discutem sobre o cumprimento das IN´S 76 e 77

Postado por admin em Acontece na Coopervap, Artigos e Notícias

02

dez
2020

Na última quarta-feira (02/12), em uma reunião no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o presidente da Coopervap, Valdir Rodrigues de Oliveira, e o vice-presidente, Altino José Severino Silva, junto dos representantes cooperativistas, Fernando Pinheiro, Analista Técnico Econômico Agropecuário na OCB, Nidelson Falcão, Diretor Executivo da Fecoagro, Vasco Praça Filho, presidente da Cemil e Fecoagro Leite Minas e profissionais técnicos da Coopervap discutiram novas soluções a respeito das instruções normativas 76 e 77 em defesa dos produtores rurais. A aplicação dos procedimentos técnicos e regulamentos das IN’s visam fixar a identidade e as características da qualidade que o leite deve apresentar para a realização da coleta. Fatores como a distância das rotas de captação e a falta de energia elétrica nas propriedades rurais afetam diretamente na temperatura do leite, acarretando em um alto índice de CBT.

As cooperativas desempenham um papel fundamental de suporte aos produtores rurais. Dessa forma, envolvimento político no MAPA e iniciativas como essa, a fim de defender os produtores, mostrando a angustia e desamparo estrutural que inviabiliza a captação responsável, podem proporcionar mais tempo para que os associados possam se adequar às IN’s.

O presidente da Coopervap, Valdir Rodrigues de Oliveira, agradeceu a recepção por parte do corpo técnico do MAPA e afirmou sobre o assessoramento técnico que a Coopervap oferece por meio dos projetos de assistência. “Nossa equipe técnica está com muita vontade de ajudar a resolver essa questão. Contamos com a solidariedade do Ministério da Agricultura, mas temos a consciência de que devemos fazer nossa parte. Gostaria de agradecer a essa comitiva, em especial à OCB que é uma grande parceira nessa luta.”, finalizou.

O presidente da Cemil e Fecoagro Leite Minas, Vasco Praça Filho, falou sobre a preocupação em manter as famílias no campo, com capacitação e orientação técnica. “Esta é uma demanda do cooperativismo mineiro, preocupados em manter as famílias no campo, mas, ao mesmo tempo, orientar os produtores na qualificação da sua produção de leite. Gostaria de agradecer ao Rodrigo em nome do MAPA e ao Fernando, que é um braço da OCB, um professor do leite, tanto na questão da qualidade quanto na luta contra as importações desleais, que fazem tão mal ao produtor e a indústria brasileira do leite. Vamos juntos, o leite é união.

O analista técnico econômico do Sistema OCB, Fernando Ferreira Pinheiro, também falou sobre a importância da visita ao Ministério da Agricultura. “Em nome da OCB, agradeço a todos que estão aqui conosco e ao MAPA por ter nos recebido. A OCB está de portas abertas para conversar com os técnicos, com as cooperativas e com os produtores sobre a importância da qualidade. Ficou claro o trabalho sério que a Coopervap desempenha e o MAPA reconhece isso, por isso esteve aqui e nos recebeu com toda esta preocupação. É importante lembrar o produtor que ele também precisa ajudar sua cooperativa, receber o técnico, desempenhar a melhoria da qualidade para fortalecer todos nós”, finalizou.