QUALIDADE TOTAL DO LEITE COOPERVAP

Postado por admin em Acontece na Coopervap, Artigos e Notícias

14

nov
2020

Coopervap investe na qualidade total do leite de seus cooperados

Recentemente, a Coopervap selecionou mais cinco profissionais para integrar sua equipe de campo, agora contamos com seis técnicos, que trabalharão auxiliando nossos cooperados com orientações e acompanhamentos visando a melhoria contínua da qualidade do leite produzido.
As ações de campo visam atender os padrões técnicos estabelecidos pela Legislação Brasileira, sendo o Artigo 5º e Artigo 7º da Instrução Normativa 76 do MAPA – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, como:
Gordura: Mínimo de gordura de 3,0g/100g.
Proteína total de 2,9g/100g.
Lactose anidra de 4,3g/100g.
Sólidos não gordurosos mínimo de 8,4 g/100g.
Sólidos totais mínimos de 11,4 g/100g.
Acidez Títulável entre 0,14 g e 0,18g.
Estabilidade ao alizarol na concentração mínima de 72%.
Crioscópia entre -0,530ºH e -0,555ºH.
Densidade relativa a 15ºc.
CCS (Mastite) no Máximo 500.000 UFC/ml.
CPP – Contagem Padrão em Placas no Máximo 300.000 UFC/ml (Higiene das instalações do estabelecimento e do processo de ordenha do leite).
Temperatura de conservação do leite.
Os resultados da qualidade do leite serão utilizados para o cálculo referente ao pagamento por qualidade, em que sempre serão considerados os resultados do último mês. Além disso, serão realizadas médias geométricas dos últimos três meses para critérios de suspensão dos produtores que estiverem com resultados acima de 300.000 UFC/ml de CPP (Contagem Padrão em Placas).
Atualmente, são feitas coletas mensais para análise da amostra de leite de cada produtor na Rede Brasileira de Controle de Qualidade de Leite (RBQL), Clínica do Leite. Quando o leite coletado apresenta alguma não conformidade em sua qualidade, ou seja, fora dos padrões IN 76 e IN 77, perderá no valor do seu produto. Caso isso aconteça, o responsável será comunicado e visitado pela equipe técnica do PQFL (Plano de Qualidade dos Fornecedores de Leite) recebendo o auxílio e suporte para a melhoria da qualidade do leite produzido.
O Projeto de Qualidade Total da Coopervap tem o objetivo de promover a melhoria contínua da qualidade do leite e de seus derivados. Além disso, incentivar e promover melhorias nos ganhos financeiros dos seus produtores, como também do crescimento na cadeia produtiva do leite, com diretrizes nos critérios físicos, químicos e microbiológicos, estabelecidos pela Legislação Brasileira as Instruções Normativas 76 e 77 do MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento).
Nosso Programa de Qualidade Total Coopervap tem como objetivo:
Motivar os produtores a estabelecer metas individuais e de melhoria contínua.
Melhorar a eficiência dos processos na cadeia produtiva do leite e em todas as áreas de atendimento.
Estabelecer uma política de valorização, que atenda os requisitos legais de segurança dos alimentos e satisfação dos clientes e consumidores.
Fortalecer a relação promissora entre nossos produtores de leite e clientes.
A prioridade é a informação e apoio aos produtores para se adequarem as normas. É um momento de “unidade” entre técnicos, produtores e diretoria.