COOPERATIVISTAS PARTICIPAM DE FÓRUM  AGROPECUÁRIO NA CAPITAL PAULISTA COOPERATIVISTAS PARTICIPAM DE FÓRUM  AGROPECUÁRIO NA CAPITAL PAULISTA
Vinte dirigentes de cooperativas e representantes do Sistema Ocemg participaram do 2º Fórum das Cooperativas Agropecuárias, realizado nos dias 3 e 4 de abril,... COOPERATIVISTAS PARTICIPAM DE FÓRUM  AGROPECUÁRIO NA CAPITAL PAULISTA

Vinte dirigentes de cooperativas e representantes do Sistema Ocemg participaram do 2º Fórum das Cooperativas Agropecuárias, realizado nos dias 3 e 4 de abril, em São Paulo. O evento promoveu uma discussão sobre os principais entraves para o crescimento sustentável de todos os elos do setor.
Vasco Praça Filho, Vasquinho presidente da COOPERVAP representou Paracatu no evento. “O fortalecimento do cooperativismo no Brasil é um “caminho sem volta”, a união de esforços nos motiva a trabalhar na gestão dos nossos resultados, cortando gastos desnecessários. Investir em treinamentos, assistência técnica e qualificar ainda mais nossos cooperantes e colaboradores nos habilita ao desenvolvimento e é o nosso foco.” Disse Vasquinho.
O Fórum contou com mesas redondas, palestras e painéis sobre assuntos relevantes ao setor e, ao final, o ex-presidente da OCB e da Aliança Cooperativa Internacional (ACI), Roberto Rodrigues, foi homenageado como Liderança Cooperativa 2017.
Estiveram presentes representantes do Sistema OCB, entre eles a gerente geral da organização, Tânia Zanella, que abriu os trabalhos falando sobre o que esperar do futuro das cooperativas, destacando as crises política, econômica e de confiança do Brasil.
“As palestras trataram sobre temas de vanguarda das cooperativas agropecuárias de todo o Brasil e tendências mundiais, além de propiciar a intercooperação entre os participantes”, destacou a gerente de Desenvolvimento e Monitoramento de Cooperativas do Sistema Ocemg, Vitória Drumond.
Cooperativas se destacam no ramo
Boa parte dos alimentos que entram nas casas dos brasileiros vem das cooperativas. Conforme o último Censo Agropecuário do IBGE, o cooperativismo representa aproximadamente 48% do total da produção de alimentos no país, com destaque para a distribuição de leite, café, trigo, soja, arroz, feijão, carnes, legumes, frutas, entre outros.

Sem comentários

Seja o primeiro a comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *